quinta-feira, 17 de junho de 2010

INTUBAÇÃO OROTRAQUEAL



O processo de intubação segue logo após a anestesia geral, feita pelo anestesista, a intubação consiste em colocar o paciente em processo de respiração artificial.
Passo – a – passo:
O laringoscópio sempre na mão esquerda, é inserido na cavidade bucal do paciente, empurrando a língua para baixo até que se possa visualizar a epiglote e cordas vocais, há necessidade desta visualização, intubação sem que se visualize a cartilagem da epiglote e as pregas vocais é considerada como um erro médico.
Passa se a cânula e insulfla o balonete, é necessário fazer a ausculta para ter certeza de que a intubação foi feita corretamente, caso seja possível auscultar somente em 1 dos pulmões e o paciente não tenha sofrido uma pneumectomia, é necessário realizar o procedimento novamente, para solucionar a intubação seletiva.
Tábata O. de muzio.

A matéria de Intubação Oro Traqueal, foi ministrada pelo profº Drº Diego, no inicio do curso de instrumentação cirúrgica – CIEP São Paulo/2010

esta foi uma prévia sobre intubação, logo postarei mais sobre a técnica, incluindo Malampatti.
Também postarei alguns textos explicativos sobre anestesiologia, tipos de anestésios e anestesias, incluindo tabela de Glasgow e tudo mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário