sábado, 14 de agosto de 2010

CITOLOGIA BÁSICA I - Ialoplasma e organelas.


A Citologia é o estudo das células, o estudo das estruturas celulares e como sabemos a célula é a unidade funcional dos seres vivos, sejam eles de origem animal ou vegetal, autótrofos ou mesmo eterótrofos.
Falaremos então dos seres vivos de origem animal, que são os que nos enteressam, deixamos os de origem vegetal para a botânica, ok? rs
Para entender melhor este conceito de "menor parte do corpo humano", vamos lá: O corpo humanos é um ORGANISMO, formado por APARELHOS que são compostos por SISTEMAS, formados por ORGÃOS , compostos por TECIDOS, que são justamente a união das células iguais ou semelhantes. Logo, temos:
CÉLULAS-TECIDOS-ORGÃOS-SISTEMAS-APARELHOS-ORGANISMO

Basicamente a célula é formada por 3 partes: Membrana, Citoplasma e Núcleo. Mas sua complexidade vai muito além.
Seu citoplasma, é repleto de organelas que desempenham funções específicas para o nosso organismo, realizando o trabalho metabólico. Todas essas organelas são revestidas por membrana plasmática menos uma delas, a menor o RIBOSSOMO.
Começamos a falar das organelas, pela MITOCÔNDRIA, que tem como função a respiração e produção de energia.
Os CENTRÍOLOS, são importantes parte das células por coordenar a mitose (veja bem, COORDENAR e não, CONTROLAR), além disso, atravez de seus cílios, ele coordena também os movimentos celulares.
O RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO, LISO E RUGOSO, transportam as substâncias para que elas não fiquem "perdidas" pelo ialoplasma, no RET. ENDO. RUGOSO ficam os pequeninos RIBOSSOMOS, responsaveis por sintetizar as poteínas atravez do RNA mensageiro.
As substâncias transportadas pelos RETÍCULOS, serão armazenadas no COMPLEXO DE GOLGI, que além disso ainda forma as vesículas digestivas.
A organela responsavel pela digestão das substâncias é LISOSSOMO.
Uma outra estrutura do meio citoplasmático é o Vacuolo, que armazena a gordura que ingerimos, esta estrutura não se multiplica, portanto o aumento do tecido adiposo por exemplo ocorre porque o vacúolo pode se expandir "indiscriminadamente" mas não se multiplicar. Então as pessoas que fazem uma lipo por exemplo, devem ter cautela quanto à quantidade de gordura a ser retirada já que essas células são importantes para o organismo, quanto a garantia de não engordar novamente, depende do paciente, pois os vacúolos das células que ficam vão "crescer" de acordo com a dieta ingerida pelo paciente.

Escrevi para o próximo post um artigo sobre núcleo e membrana plasmática. Mais adiante postarei também sobre o ciclo de vida celular (acho lindo, rs)

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

FIOS CIRURGICOS



Definir fios e agulhas na teoria é fácil, mas na pratica quando o cirurgião pede um vicryl e na mesa há náilon, vicryl, prolene e etc, aí complica...as texturas deles são parecidas e não há uma formula para distingui-los, o segredo é manter os fios embalados até a hora do cirurgião pedi-los e após o uso, manter o fio no porta agulha em cima da embalagem. Mas é preciso saber ou ao menos fazer um esforço para saber as diferenças.
Algumas diferenças na textura dos fios:
Dos absorvíveis o CATGUT SIMPLES tem característica amarelada e durinha, como se fosse um fio de espaguete antes de ser cozido. Já o CROMADO se distingue pela cor dourada, o VICRYL dos absorvíveis tem característica menos comum, talves por não ser de origem animal.
Dos Absorvíveis, o ALGODÃO é Como um fio de costura que temos em casa, assim, há muita semelhança com o POLICOT (algodão, geralmente preto, policot azul), Já o náilon é mais fácil de distinguir tem a característica fina e lisa (monofilamentar) que vem a nossa mente quando pensamos em sutura. O SUPRAMID, também é fácil de identificar, por ter aparência de plástico, firme e grosso, o PROLENE também monofilamentar parece um “Supramid mais fino”, já o ACIFLEX é o mais fácil de identificar assim como os de sua classe, por ser de origem metálica.

Quanto ao calibre dos fios: Quanto maior o número, menor o diâmetro e seu diâmetro acompanha a força tênsil.

A Absorção do fio também é relativa:
O Catgut simples é absorvido pelo organismo em 7 dias, o Cromado em 30 e o Vicryl geralmente em 120 dias. Podemos ter como exemplo uma cesárea, onde o tecido a ser suturado não é tão sensível e é preciso ter certeza de que a sutura não irá se desfazer antes que o tecido seja fechado pelo organismo. Então é prudente utilizar aquele fio que demorará mais tempo para ser absorvido.

Quanto a apresentação dos fios, encontramos os Pré cortados, em rolinho, bi agulhados (geralmente utilizados em neurocirurgias) e os agulhados (ou encoastados) que são os mais comuns.

Cada cirurgião tem seu fio de preferência para determinadas cirurgias por motivos particulares e diferentes. Mas há uma tabela básica de fio que se pode fazer, que, tendo os fios pode-se realizar uma cirurgia geral:
São eles: o Catgut 2.0, o Catgut Cromado 1, o Vicryl 0, o Náilon 3.0 a 4.0 e o algodão 2.0.

É bom lembrar que a todo momento surgem novidades no mercado e é preciso ficar atento, como por exemplo o Vicryl Plus com antibactericida, é uma ótima opção, pois diferente do Mnocryl que é monofilamentar (liso) diminuindo o risco de um microorganismo se instalar entre os filamentos, o Vicryl é multifilamentar, então um fio multifilamentar com antibactericida é uma genial idéia.